Os Dois Morrem no Final – Adam Silvera

25/04/2022


Os Dois Morrem no Final é um livro do autor Adam Silvera, lançado no Brasil em 2021 pela Editora Intrínseca.

Mateo Torrez e Rufus Emeterio são dois jovens que não se conhecem e não tem nada em comum, exceto pela mesma ligação que recebem pouco depois da meia-noite, no dia 05 de setembro: a Central da Morte avisa que eles vão morrer naquele mesmo dia.

Não querendo passar sozinhos aquele último dia de suas vidas, eles acabam se conhecendo através do aplicativo Último Amigo, e resolvem embarcar juntos na missão de viverem tudo o que puderem e ao máximo possível dentro de suas últimas horas.

Mateo tem 18 anos, sua mãe morreu quando ele era criança e seu pai está em coma. Ele é um jovem introspectivo e vive a vida mais de forma online. Sua única amiga até então é Lydia com quem se preocupa mais do que consigo mesmo. Seu último desejo é fazer alguma diferença para os outros.

Rufus tem 17 anos, seus pais e irmã morreram uns anos atrás num acidente de carro depois de também terem recebido ligações da Central da Morte, e desde então passou a morar num lar adotivo onde conheceu seus melhores amigos Tagoe e Malcolm, e sua ex-namorada Aimee. Seu último desejo é se despedir da maneira certa.

Ao longo dessa jornada de apenas 24h, Mateo e Rufus vão aprender muito um com o outro, vão se apoiar não importa o que aconteça e vão descobrir mais sobre si mesmos.

“Não importa quando, todos nós encontramos o nosso fim. Ninguém continua vivendo para sempre, mas o que deixamos para trás nos mantém vivos para outras pessoas."
Mateo Torrez



Minha Opinião


Os Dois Morrem no Final foi a Leitura Conjunta de abril de 2022 do clube de leitura Hora do Capítulo, criado pela Thamiris Tesseroli, e eu resolvi participar dessa que foi a minha primeira leitura conjunta da vida porque me interessei bastante por esse livro.

Os capítulos são curtos e ficam mudando de ponto de vista entre os personagens (não só entre os dois protagonistas), fazendo com que a leitura flua de forma rápida e fenomenal. É uma história muito emocionante e reflexiva sobre a importância de vivermos e aproveitarmos cada momento, fazer aquilo que nós queremos e que nos faz bem, ficar com as pessoas que amamos, porque um dia inevitavelmente vamos morrer, então é o nosso dever viver a vida da forma mais plena e bonita possível.

Quanto aos personagens, eu vi que muita gente perdeu um pouco a paciência com o Mateo que tem muito medo de tudo e se preocupa muito mais com o outros do que consigo mesmo. Realmente não dá para negar que isso testa a nossa paciência, mas por outro lado, como uma pessoa também introspectiva, eu entendi um pouco o jeito dele de ser e foi o personagem com quem mais me identifiquei. E também admirei demais o Rufus por compreender isso nele e ser exatamente o amigo e a força que o Mateo precisava para viver mais.

Aliás, o Instagram que o Rufus faz postagens no livro existe de verdade, é: @rufusonpluto

Não é nenhum segredo que eles dois vão morrer no final, o próprio título entrega isso, mas o importante não é o final, e sim a jornada de descobertas do Mateo e do Rufus ao longo do livro que é muito bonita de se ver.

Ainda não foi o tipo de livro que impactou a minha vida, mas ainda assim as reflexões são muito válidas para levar comigo para sempre.




OS DOIS MORREM NO FINAL

Autor: Adam Silvera
Editora: Intrínseca
Ano: 2021
Páginas: 416
Gênero: Jovem Adulto, LGBTQIAP+, Romance

Sinopse: No dia 5 de setembro, pouco depois da meia-noite, Mateo Torrez e Rufus Emeterio recebem uma ligação da Central da Morte. A notícia é devastadora: eles vão morrer naquele mesmo dia. Os dois não se conhecem, mas, por motivos diferentes, estão à procura de um amigo com quem compartilhar os últimos momentos, uma conexão verdadeira que ajude a diminuir um pouco a angústia e a solidão que sentem. Por sorte, existe um aplicativo para isso, e é graças a ele que Rufus e Mateo vão se encontrar para uma última grande aventura: viver uma vida inteira em um único dia.


Postar um comentário